Formação para animadoras e animadores missionários vocacionais

0(0 Ratings)
0(0 Ratings)
R$60.00
Alunos7
Carga horária 0
R$60.00
Alunos7
Carga horária 0
R$60.00

Com
Certificado

Com
Certificado

Compartilhar

Conheça o curso

Saudações missionárias!
O Centro Cultural Missionário (CCM), em parceria com a Comissão Episcopal para Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada da CNBB e a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), com o apoio das Edições CNBB, apresenta à Igreja no Brasil mais uma iniciativa: o curso virtual “Formação para animadoras e animadores missionários vocacionais”.

As inspirações do Papa Francisco, presentes na sua Mensagem para o 60º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, que motivarão a vivência do Mês Vocacional deste ano, serão o fio condutor do nosso evento formativo. O curso poderá tornar-se, para os que dele participarem, uma preciosa ocasião para “redescobrir que o chamado do Senhor é graça, dom gratuito e, ao mesmo tempo, é empenho de partir, sair, para levar o Evangelho” porque o chamado de Deus sempre inclui o envio: “Não há vocação sem missão”. Neste sentido, “a Igreja é uma sinfonia vocacional, com todas as vocações unidas e distintas em harmonia e juntas «em saída» para irradiar no mundo a vida nova do Reino de Deus”.
Considerando que “o chamado de Deus alcança-nos, pela ação do Espírito Santo, de maneira sempre nova” (Papa Francisco), então a vocação não é uma realidade do passado, não é uma experiência acontecida tempos atrás, mas algo atual. O Senhor que nos chamou, num determinado momento de vida, continua a nos chamar também hoje e “de maneira sempre nova”. O chamado é permanente e, por isso, a resposta também deve ser permanente. É no hoje da nossa história é que precisamos responder ao chamado e nos deixar enviar pelo Senhor: “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8) porque Ele nos chama para a missão. É no hoje da nossa história é que precisamos requalificar a vivência da missionariedade, renovar o impulso missionário e “sair de nossa consciência isolada e de nos lançarmos, com ousadia e confiança à missão de toda a Igreja” (DAp, 363). Trata-se de criar, fomentar e propagar uma cultura vocacional para a missão em todos os sujeitos e âmbitos eclesiais.

No entanto, nesse lento e difícil processo de criar e fomentar a cultura vocacional é indispensável a presença e atuação de animadores vocacionais que necessitam de formação permanente. Por isso, a proposta desse curso leva também em conta o cuidado com a pessoa e identidade do animador vocacional e da sua imersão e atuação, especialmente em novas Galileias do mundo digital.
O presente curso é a continuação do projeto, iniciado há alguns anos atrás, no CCM, e dos cursos para animadores vocacionais, já acontecidos. Ele é também concretização do Programa Missionário Nacional 2019-2023 que, dentro da prioridade “Formação”, inseriu o projeto “Formação dos sujeitos das comunidades eclesiais missionárias”, sendo que uma de suas ações é realização de cursos de formação para diversos sujeitos eclesiais.

O curso pretende ser espaço de formação e atualização, vivência fraterna, partilha, oração e celebração para que os participantes possam fortalecer o seu “sim” à missão de Deus.

O que vou aprender?

  • Proporcionar aos participantes reflexão sobre concepção de Igreja toda vocacional e de uma animação vocacional “totalizante”, que considera todas as pessoas batizadas como responsáveis e sujeitos ativos da animação vocacional;
  • Reafirmar a identidade missionária de todo vocacionado: um cristão só se torna adulto na fé quando passa de pessoa chamada a ser pessoa que chama e vai ao encontro dos outros;
  • Fazer entender que a cultura vocacional é realidade que diz respeito a toda a comunidade cristã e a cada fiel: desde os pais, educadores, catequistas que são agentes vocacionais, até chegar aos irmãos mais idosos;
  • Sensibilizar os participantes sobre a necessidade de se imprimir uma prospectiva vocacional às dimensões ordinárias da pastoral paroquial;
  • Enfatizar que, mesmo sendo vocação uma resposta de amor pessoal ao Senhor que chama, ela supõe, também, mediação humana: o serviço de animação vocacional precisa de pedagogias apropriadas;
  • Oferecer aos participantes uma reflexão sobre a necessidade de levar em consideração a cultura digital e suas implicações dentro do processo de animação vocacional;
  • Sensibilizar os participantes sobre a necessidade da formação continuada visto que não há animação vocacional eficaz sem formação permanente do animador.

Público

  • Todos as pessoas (leigos/as, consagrados/as e ordenados) que já estão envolvidas na animação missionária vocacional de nossas comunidades e paróquias e as que desejam capacitar-se para poderem cooperar nesse serviço de animação

Materiais inclusos

  • O curso contemplará: reflexões temáticas; utilização de recursos audio-visuais durante os encontros virtuais; leitura de textos, oferecidos pelos assessores; utilização da bibliografia e de recursos da Internet no trabalho de aprofundamento.

Saudações missionárias!
O Centro Cultural Missionário (CCM), em parceria com a Comissão Episcopal para Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada da CNBB e a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), com o apoio das Edições CNBB, apresenta à Igreja no Brasil mais uma iniciativa: o curso virtual “Formação para animadoras e animadores missionários vocacionais”.

As inspirações do Papa Francisco, presentes na sua Mensagem para o 60º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, que motivarão a vivência do Mês Vocacional deste ano, serão o fio condutor do nosso evento formativo. O curso poderá tornar-se, para os que dele participarem, uma preciosa ocasião para “redescobrir que o chamado do Senhor é graça, dom gratuito e, ao mesmo tempo, é empenho de partir, sair, para levar o Evangelho” porque o chamado de Deus sempre inclui o envio: “Não há vocação sem missão”. Neste sentido, “a Igreja é uma sinfonia vocacional, com todas as vocações unidas e distintas em harmonia e juntas «em saída» para irradiar no mundo a vida nova do Reino de Deus”.
Considerando que “o chamado de Deus alcança-nos, pela ação do Espírito Santo, de maneira sempre nova” (Papa Francisco), então a vocação não é uma realidade do passado, não é uma experiência acontecida tempos atrás, mas algo atual. O Senhor que nos chamou, num determinado momento de vida, continua a nos chamar também hoje e “de maneira sempre nova”. O chamado é permanente e, por isso, a resposta também deve ser permanente. É no hoje da nossa história é que precisamos responder ao chamado e nos deixar enviar pelo Senhor: “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8) porque Ele nos chama para a missão. É no hoje da nossa história é que precisamos requalificar a vivência da missionariedade, renovar o impulso missionário e “sair de nossa consciência isolada e de nos lançarmos, com ousadia e confiança à missão de toda a Igreja” (DAp, 363). Trata-se de criar, fomentar e propagar uma cultura vocacional para a missão em todos os sujeitos e âmbitos eclesiais.

No entanto, nesse lento e difícil processo de criar e fomentar a cultura vocacional é indispensável a presença e atuação de animadores vocacionais que necessitam de formação permanente. Por isso, a proposta desse curso leva também em conta o cuidado com a pessoa e identidade do animador vocacional e da sua imersão e atuação, especialmente em novas Galileias do mundo digital.
O presente curso é a continuação do projeto, iniciado há alguns anos atrás, no CCM, e dos cursos para animadores vocacionais, já acontecidos. Ele é também concretização do Programa Missionário Nacional 2019-2023 que, dentro da prioridade “Formação”, inseriu o projeto “Formação dos sujeitos das comunidades eclesiais missionárias”, sendo que uma de suas ações é realização de cursos de formação para diversos sujeitos eclesiais.

O curso pretende ser espaço de formação e atualização, vivência fraterna, partilha, oração e celebração para que os participantes possam fortalecer o seu “sim” à missão de Deus.

O que vou aprender?

  • Proporcionar aos participantes reflexão sobre concepção de Igreja toda vocacional e de uma animação vocacional “totalizante”, que considera todas as pessoas batizadas como responsáveis e sujeitos ativos da animação vocacional;
  • Reafirmar a identidade missionária de todo vocacionado: um cristão só se torna adulto na fé quando passa de pessoa chamada a ser pessoa que chama e vai ao encontro dos outros;
  • Fazer entender que a cultura vocacional é realidade que diz respeito a toda a comunidade cristã e a cada fiel: desde os pais, educadores, catequistas que são agentes vocacionais, até chegar aos irmãos mais idosos;
  • Sensibilizar os participantes sobre a necessidade de se imprimir uma prospectiva vocacional às dimensões ordinárias da pastoral paroquial;
  • Enfatizar que, mesmo sendo vocação uma resposta de amor pessoal ao Senhor que chama, ela supõe, também, mediação humana: o serviço de animação vocacional precisa de pedagogias apropriadas;
  • Oferecer aos participantes uma reflexão sobre a necessidade de levar em consideração a cultura digital e suas implicações dentro do processo de animação vocacional;
  • Sensibilizar os participantes sobre a necessidade da formação continuada visto que não há animação vocacional eficaz sem formação permanente do animador.

Público

  • Todos as pessoas (leigos/as, consagrados/as e ordenados) que já estão envolvidas na animação missionária vocacional de nossas comunidades e paróquias e as que desejam capacitar-se para poderem cooperar nesse serviço de animação

Conteúdo do curso

20/08/2024 – 19h30 | Realidades emergentes: uma cultura vocacional para a Missão

  • Realidades emergentes: uma cultura vocacional para a Missão
    00:00

21/08/2024 – 19h30 | Cultura digital: uma nova Galileia

22/08/2024 – 19h30 | Igreja: uma sinfonia vocacional – a identidade do animador missionário vocacional

Avaliações

Student Ratings & Reviews

No Review Yet
No Review Yet

Quer receber notificações push para todas as principais atividades no local?